POLICIA RODOVIÁRIA FEDERAL E DNIT REFORÇAM SINALIZAÇÃO NA BR 354 Reviewed by Momizat on .   Um dos trechos de maior risco de acidentes na região de Caxambu recebeu reforço de sinalização na tarde desta sexta-feira (29). As novas placas foram ins   Um dos trechos de maior risco de acidentes na região de Caxambu recebeu reforço de sinalização na tarde desta sexta-feira (29). As novas placas foram ins Rating: 0
Você está aqui:Home » Caxambu » POLICIA RODOVIÁRIA FEDERAL E DNIT REFORÇAM SINALIZAÇÃO NA BR 354

POLICIA RODOVIÁRIA FEDERAL E DNIT REFORÇAM SINALIZAÇÃO NA BR 354

 

WhatsApp Image 2017-12-29 at 20.10.20

Um dos trechos de maior risco de acidentes na região de Caxambu recebeu reforço de sinalização na tarde desta sexta-feira (29).

As novas placas foram instaladas na BR 354 na altura do km 711 antes da biquinha.

O pedido foi da PRF e atendido rapidamente pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, dirigido em Caxambu pelo Engenheiro Sérgio Nunes que reconheceu a necessidade da urgência das novas placas.

-“Nós oficiamos o DNIT e solicitamos o reforço na sinalização. Rapidamente fomos atendidos e as novas placas estão instaladas onde sugerimos” – conta o inspetor Mauro Mansilha que comanda a PRF na região

WhatsApp Image 2017-12-29 at 20.10.21

Ainda segundo o policial, só este ano três carretas tombaram no local, causando riscos aos usuários sem falar nos saques e outras ações criminosas originadas pelos ocorridos.

-“Os acidentes são causados em sua maioria porque os motoristas não respeitam a velocidade máxima permitida” – explica o policial.

A nova sinalização alerta os motoristas que o local é para trafegar no limite de 40 quilômetros por hora e que o trecho é de alto risco de acidentes, o que deve gerar uma atenção redobrada do motorista que conduzir nesta rodovia.

 

 

Comentários

Deixe um comentário

© 2016-2017 Jornal Tribuna Sul de Minas - Reproduções autorizadas mediante indicação da fonte tribunasuldeminas.com.br Os textos, opiniões e conteúdos presentes neste portal são de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Voltar para o topo