MÍDIAS DIGITAIS DINAMIZAM O JORNALISMO Reviewed by Momizat on . Ao jornalismo atual atribui-se como bifurcação a área de branded content, que se difere do chamado publieditorial, em que os nomes de empresas aparecem de manei Ao jornalismo atual atribui-se como bifurcação a área de branded content, que se difere do chamado publieditorial, em que os nomes de empresas aparecem de manei Rating: 0
Você está aqui:Home » Economia e Negócios » MÍDIAS DIGITAIS DINAMIZAM O JORNALISMO

MÍDIAS DIGITAIS DINAMIZAM O JORNALISMO

midia digitalAo jornalismo atual atribui-se como bifurcação a área de branded content, que se difere do chamado publieditorial, em que os nomes de empresas aparecem de maneira contundente nas produções. Entre os cases de branded content, um documentário, apoiado em Big Data, foi financiado com a proposta de fazer um radar do feminismo no Brasil.

Vale a penar fazer cursos fora do país? Qual profissão você deve seguir? A crise do jornalismo é uma consequência do mercado ou das universidades? Ciências humanas apareceram no teste vocacional e agora? Na análise de buscadores, tais questionamentos estão entre os mais solicitados no quesito jornalismo, o que faz levantar hipóteses sobre as necessidades dos novos profissionais no ambiente digital.

A geração de leads tem como mote o uso estratégico de contatos para potencializar o relacionamento entre grupos de comunicação e internautas. O jornalismo atual está km de distância do público, porque não sabe se relacionar com metadados. Falta aos produtores de conteúdo segmentar as editorias a partir de dados, e oferecer o acesso on demand. Se não quiser ler no Ipad, o usuário imprime o jornal ou a revista em uma gráfica, cadastrada, com base nas editorias escolhidas. A publicação passa a ser do tamanho do interesse. Se não se dedica a acompanhar o automobilismo, por que você deve pagar por esse eixo em uma publicação?

O sistema Netflix, que passa a ser usado por emissoras de relevância nacional, influencia a relação de todas as etapas da indústria cultural. Com o aumento da liberdade de escolha, as pessoas não estão dispostas a entregar o tempo de consumo de um bem cultural se a produção não for personalizada. Quem financia a HBO, com séries de grande adesão do público, como Game of Thrones? Os usuários.

Com o Big Data, a cadeia de produção de conteúdo em grupos como HBO e Netflix passa a ser toda pensada a partir de hábitos de comportamento relacionados à experiência de consumo. Em que medida o grupo altera as operações em torno do consumo, como no caso da impressão? É engano crer que apenas o anunciante viabiliza as páginas do dia seguinte. O jornalismo, sem ROI (retorno sobre investimento), está com os dias contados. Aumenta-se o tráfego sobre uma notícia, mas, muitas vezes, não se atinge o público esperado.

Juliano Sanches, especialista em mídias digitais, mestre pela Unicamp.

Comentários

Deixe um comentário

© 2016-2017 Jornal Tribuna Sul de Minas - Reproduções autorizadas mediante indicação da fonte tribunasuldeminas.com.br Os textos, opiniões e conteúdos presentes neste portal são de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Voltar para o topo