COLUNA PLURALIDADE Reviewed by Momizat on . TRANSTORNOS DA CONDUTA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES   Educar, na atualidade, tem sido uma tarefa árdua, desgastante, em muitas vezes, sem resultados, onde os pais TRANSTORNOS DA CONDUTA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES   Educar, na atualidade, tem sido uma tarefa árdua, desgastante, em muitas vezes, sem resultados, onde os pais Rating: 0
Você está aqui:Home » Colunas » COLUNA PLURALIDADE

COLUNA PLURALIDADE

15322510_1204391752962972_1443361359_o

TRANSTORNOS DA CONDUTA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

17238116_1306737532728393_1064843579_n

 

Educar, na atualidade, tem sido uma tarefa árdua, desgastante, em muitas vezes, sem resultados, onde os pais, por mais que sejam flexíveis, acolhedores e companheiros, veem que suas atitudes não dão o devido resultado ao qual tanto almejavam.

Corrigir os filhos, para alguns pais, hoje, constitui-se em passar a mão na cabeça dos menores, algumas vezes, consentir com atos errados e perigosos, ficar indeciso no momento em que é preciso corrigir, pois não sabem se estão certos ou errados, isso, para não perder ainda mais a paciência, não perder o controle e, por fim, resultar em um comportamento agressivo com o filho.

17238273_1306739229394890_335360555_n

Para outros pais, a correção e educação dos filhos é realizada por meio de coerção física, agressão com chineladas ou correiadas. Não que esses pais tenham a intenção de maltratar, machucar ou violentar seus filhos, contudo, passar valores, corrigir erros.

Portanto, dependendo do tipo de modo de educação passada, vê-se atualmente que muitas crianças e adolescentes carecem de limites, comportamento baseado em regras e normas, apresentam atitudes arrogantes e imprudentes porque, no final das contas, “sempre sabem que os pais estarão lá para os socorrer”, pois, os genitores, “já não sabem o que fazer”.

17274443_1306740729394740_942966580_n

As atitudes parentais que, segundo a literatura, são mais prováveis de desenvolver transtornos da conduta em crianças e adolescentes são:

  • Uso e abuso de álcool e outras drogas.
  • Privação afetiva imposta pelos pais.
  • Estresse e conflito familiar.
  • Práticas parentais inadequadas (como agressividade, autoritarismo, falta de respeito com os filhos).

Os comportamentos inadequados dos pais, muitas vezes traduzidos em atitudes agressivas e violentas, são a base que, posteriormente, modelarão o comportamento do filho, possivelmente, repetindo atos violentos, agressivos, chegando, provável e consequentemente, a furtos, consumação de agressões físicas e até, talvez, violação de direitos sexuais.

17274984_1306742039394609_1845828905_n

Os problemas comportamentais citados, contudo, são as consequências de vários outros declínios em desempenho que ocorrem precocemente, aliados aos já citados comportamentos parentais inadequados, como:

  • Fracasso escolar.
  • Isolamento social.
  • Baixa autoestima.

Identificar comportamentos relevantes que podem ser condições propícias para modelar o comportamento “fora dos padrões aceitáveis” para o convívio social adequado, é o primeiro passo; na hipótese de ter comportamentos inadequados, conflito familiar, uso da agressão e violência como meio de educar, falta de afeto no relacionamento, busque usar de meios mais adequados para corrigir e educar os filhos.

17274204_1306748979393915_435468490_n

 

 

17237204_1306749412727205_1661908427_o

Nathan Rocha Victolo – Psicólogo 

 

Comentários

Deixe um comentário

© 2016-2017 Jornal Tribuna Sul de Minas - Reproduções autorizadas mediante indicação da fonte tribunasuldeminas.com.br Os textos, opiniões e conteúdos presentes neste portal são de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Voltar para o topo