ARTIGO ESPECIAL – A PSICOLOGIA DO ACUSADOR: DUVIDE DO ACUSADOR PORQUE QUANTO MAIOR É O DESPEITO, MAIOR É A ACUSAÇÃO Reviewed by Momizat on . “As aparências enganam” e todos sabemos disso, porém, muitas vezes, caímos na teia de pessoas que se apresentam como vítimas de outras ou de situações provocada “As aparências enganam” e todos sabemos disso, porém, muitas vezes, caímos na teia de pessoas que se apresentam como vítimas de outras ou de situações provocada Rating: 0
Você está aqui:Home » Destaque » ARTIGO ESPECIAL – A PSICOLOGIA DO ACUSADOR: DUVIDE DO ACUSADOR PORQUE QUANTO MAIOR É O DESPEITO, MAIOR É A ACUSAÇÃO

ARTIGO ESPECIAL – A PSICOLOGIA DO ACUSADOR: DUVIDE DO ACUSADOR PORQUE QUANTO MAIOR É O DESPEITO, MAIOR É A ACUSAÇÃO

17353437_786511098163017_2174526472000532053_n

“As aparências enganam” e todos sabemos disso, porém, muitas vezes, caímos na teia de pessoas que se apresentam como vítimas de outras ou de situações provocadas por terceiros…ou seja: nos deixamos enredar na lamúria e nas acusações de gente que nem sempre é da forma como tenta se mostrar.

De nossa parte, é preciso olho de águia para ver qual é a psicologia dos que acusam e se dizem prejudicados por pessoas ou circunstâncias…

Via de regra, a verdadeira face de gente que reclama, que culpa os outros por suas desgraças pessoais é:

– do parasita, chupim, que foi arrancado da veia de onde sugava a energia para viver;
– do que usa da difamação e da desqualificação do outro para justificar sua inércia e seus fracassos;
– do acomodado que havia encontrado alguém para carregá-lo nos ombros e que pôs um fim nessa escravatura;
– do convencido e arrogante que exigia muito para ser presença na vida de alguém;
– do que viajava no vácuo aberto pelo movimento do sucesso de outro;
– do que tem a ferida narcísica aberta e que se julga o melhor, o merecedor e o único que deve ser servido;
– do que deseja conquistar aliados para seguir com seu rosário de lamentações no cortejo fúnebre no qual está sendo carregado;
– do maldoso que quer atrair e envolver o máximo de pessoas na areia movediça da vida que criou para si;
– do despeitado que se recusa a aceitar que perdeu a zona de conforto e que foi deixado de lado.

A psicologia do acusador é semelhante à natureza do escorpião, que, após pedir carona ao sapo para atravessar uma lagoa, prometendo que não ia picar seu gentil ajudador, não se conteve e, no meio da travessia, inoculou todo o seu veneno nas costas do sapo, admitindo, enquanto se afogava, que picar era sua verdadeira natureza!

Afaste-se de pessoas que estão tomadas pelo vitimismo e pela acusação fútil e irresponsável (a verborragia é uma grave doença da alma).

Esse tipo de gente é diabólica (diábolus, em latim significa separar), que quer separar você de seus amigos, da sua paz e da sua felicidade. Muitas inimizades e julgamentos descabidos nascem do fato de se dar ouvidos a esses espíritos infelizes. E, pior, querem encontrar uma porta para entrar e recomeçar seu ciclo parasitário…você quer isso para sua Vida?

AluisioAlves

Dr. Aluísio Alves (Doutor em Educação Médica, Psicanalista e Terapeuta Sistêmico)

Comentários

Deixe um comentário

© 2016-2017 Jornal Tribuna Sul de Minas - Reproduções autorizadas mediante indicação da fonte tribunasuldeminas.com.br Os textos, opiniões e conteúdos presentes neste portal são de única e exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Voltar para o topo